Como desejas que 2020 se revele? 7 questões e 7 sugestões

Germinar - Como Germinar Leguminosas? - Mil Grãos

Quando virarmos a página do calendário de Dezembro de 2019, vamos estrear um Ano Novo, o ano de 2020.

O costume ocidental de celebrar o Ano Novo numa data fixa tem a ver com o calendário gregoriano que utilizamos na Europa e em grande parte do mundo. Isso faz com que estejamos longe dos ciclos do sol e da lua, que são contemplados no Calendário Chinês, em que o ano Novo se celebra no “nosso” dia 25 de Janeiro (fonte).

Estrear algo faz com que muitos de nós sintam vontade de mudar algumas coisas na sua vida, de fazer novos projectos, de se comprometerem com algo também novo, de fazer promessas, de deixar coisas velhas ou que já não servem… Devido aos ciclos lunares, devíamos aguardar por o ano novo Chinês para efectivar as mudanças . No entanto, a reflexão pode ser feita agora, pensando sobre aquilo que desejamos que aconteça nos próximos 365 dias. Esta reflexão é válida também para quando fazemos anos ou iniciamos um novo ano lectivo. Há muitas formas de ver o Ano Novo.

Pensei em 7 questões e 7 sugestões que talvez ajudem na transição, seja ela no dia 1 de Janeiro, seja no dia 25 do mesmo mês.

Podes optar por ir buscar um caderno e responder, fazendo a tua própria reflexão, antes de continuar a ler.

7 Questões para 2020

  1. Se pudesses mudar alguma coisa no próximo ano, o que é que seria? É diferente daquilo que querias mudar no ano passado?

Esta é uma questão fundamental. Se nos focarmos apenas numa coisa, talvez tenhamos possibilidade de ser bem sucedidos. Uma lista interminável de objectivos muitas vezes faz com que não consigamos atingir nenhum deles.

Apenas uma coisa, escreve agora apenas uma coisa. Poderás assim começar a desembrulhar um grande novelo, talvez outros objectivos virão depois deste, mas hoje escreve apenas uma coisa. Fiz duas questões, é verdade. A segunda questão está directamente ligada à primeira. Vê se isso que queres mudar é exactamente o mesmo que querias mudar quando começou 2019. Se for, reflecte sobre o que é que falhou. Falhar não tem mal nenhum, é assim que se aprende.

  • Quais os aspetos em que queres melhorar no próximo ano?

Estamos em transformação constante. Cada dia é uma dádiva imensa. É desse processo contínuo de mudança a que me refiro agora. Imagina que começaste a correr em 2019, e que agora até já corres 10 km quatro vezes por semana.

Podes querer melhorar a distância, podes querer melhorar o tempo. Tu decides. Ou imagina que começaste a estudar espanhol em 2019. Em 2020 queres fazer um exame que te permite saltar dois graus no sistema de aprendizagem. Aqui refiro-me a melhorias, não a metas finais ou mudanças definitivas.

  • O que é que queres que seja diferente no final deste ano?

Visualizar o final do próximo ano dá uma perspectiva nova sobre aquilo que achamos ser “O Ano Novo”.  Vamos ver 2020 como já passado: como queres estar no final de 2020? Esta reflexão é poderosa, porque nos dá a noção de como o tempo passa depressa e como é tão bom poder ter um ano para mudar coisas na nossa vida.

  • De que forma queres contribuir para tornar o mundo (pode ser a tua comunidade ou família) um lugar melhor para estar?

Voltar-nos para fora é essencial. Só vos queria dizer uma coisa que aprendi com o querido Francisco Varatojo: “…recebemos sempre mais quando damos mais”. Só faz sentido viver assim.

  • A quem é que desejas a maior felicidade em 2020?

Tenho a certeza que esta questão fez com que no teu rosto surgisse um sorriso. Sim, desejar bem aos outros faz-nos tão bem! Nunca conseguimos dizer: que sejas feliz, sem sentir o coração crescer.

  • Existe já alguma coisa que esteja a começar a aflorar na tua vida neste momento e que tu queiras ver crescer em 2020?

Mais uma reflexão importante: muitas vezes há sementes a desabrochar que, com a azáfama de colocar objectivos no próximo ano, nem sequer permitimos que aflorem e cresçam. Sente: o que é que está a tentar surgir naturalmente na tua vida? Será que isso não será realmente o que deve surgir? Calar o ego é muito difícil, mas se puderes faz silêncio e permite observar com atenção se não há alguma coisa a germinar neste momento na tua vida.

  • O que é que te prende e não te deixou voar em 2019? Se pudesses soltar algo, o que que soltarias?

Pergunta difícil, eu sei. Muitas vezes vamos com toda a força tentar aproveitar a boleia do ano Novo, mas… se não soltamos algo que nos está a prender, ficamos mesmo com parte de nós no passado e isso não nos permite avançar. Há algum projecto que até tinhas, mas que agora não faz sentido e que te está a impedir de andar em frente? Há alguém a quem não consegues perdoar? Há algum medo que te impeça de arriscar? Solta, solta, solta…

7 Sugestões para 2020

  1. Cultiva um sentido de apreciação pela Vida, pela beleza da Natureza e que isso se reflicta em opções de vida mais sustentáveis e conscientes.
  2. Cultiva relacionamentos sinceros, verdadeiros e alimenta-os todos os dias. Cultiva laços familiares e de amizade fortes.
  3. Medita com regularidade, e se tiveres uma prática espiritual regular volta a ela.
  4. Arranja sempre motivos para sorrir e fazer os outros sorrir.
  5. Aprende algo novo: lê, inscreve-te num curso, começa uma actividade nova, começa a escrever, …
  6. Faz voluntariado ou oferece o teu tempo em algum lugar onde a tua presença seja útil. Dá com generosidade.
  7. Tem um Grande Sonho. Trabalha diariamente de acordo com o teu Sonho. Acorda de manhã, todos os dias, com vontade de viver para concretizar esse Sonho.

Votos de um Ano Novo Feliz! Que o Amor e a Gratidão pautem todos os teus dias.

Comentários

Dulce

Com formações e experiência nas áreas da Macrobiótica e no Mindfulness, desenvolvi o projeto Mil Grãos, onde o foco é oferecer-lhe informações, conhecimento, prática e experiências para uma vida mais Humana, Ecológica e Espiritual.

Subscreva a nossa newsletter e receba um ebook de sobremesas

Quer saber as novidades e receber todos os conteúdos em primeira mão? Subscreva à nossa newsletter: